A Terapia Ocupacional




O que é a Terapia Ocupacional?


O terapeuta ocupacional habilita para a ocupação de forma a promover a saúde e o bem-estar. Com este objetivo atua, em parceria com pessoas e organizações, para otimizar a atividade e participação, tal como definido pela World Health Organisation’s International Classification of Functioning and Disability (2002).

Promove a capacidade de indivíduos, grupos, organizações e da própria comunidade, de escolher, organizar e desempenhar, de forma satisfatória, ocupações que estes considerem significativas.


Para mais informações consulte o Perfil do Terapeuta Ocupacional.


Perfil do Terapeuta Ocupacional



Apontamento histórico da Terapia Ocupacional


A Terapia Ocupacional começou a estruturar-se como profissão em 1906, em Chicago, nos Estados Unidos da América, com a criação dos primeiros cursos em que se ensinava pessoas para trabalharem em hospitais, com uma função específica: utilizar a ocupação para ajudar os doentes. Nessa altura o foco eram trabalhos artesanais e alguns exercícios físicos. Fundamentava-se a intervenção da Terapia Ocupacional na convicção que a ocupação contribui para devolver a saúde e o bem-estar dos doentes. Em 1910, seria definida como a “ciência da cura pela ocupação”.


História da Associação Portuguesa de Terapeutas Ocupacionais

Áreas de Intervenção

Os terapeutas ocupacionais podem atuar em diversas áreas de intervenção com pessoas de todas as idades.

O seu objetivo prende-se sempre com a promoção da funcionalidade, autonomia e independência de modo a melhorar a Qualidade de Vida, Bem-estar e Participação.




Crianças e Adultos com Atraso de Desenvolvimento

+ info

Lesões Músculo-Esqueléticas

+ info

Lesões Neurológicas

+ info

Psiquiatria e Saúde Mental

+ info

Onde encontrar um Terapeuta Ocupacional?

Os Terapeutas Ocupacionais são profissionais de saúde que exercem as suas funções com pessoas de diferentes faixas etárias - bébes, crianças, jovens, adultos e pessoas idosas - desenvolvendo a sua ativiidade em diversos contextos e áreas de intervenção.



 

O Terapeuta Ocupacional pode exercer as suas funções em instituições como:

- Ass. Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental
- Ass. Portuguesa de Paralisia Cerebral
- Associação de Utente
- Centro de Atendimento a Toxicodependentes
- Centro de Recurso para a Inclusão
- Centro de Dia
- Centro de Saúde
- Clínica de Reabilitação
- Clínica de Saúde Mental
- Comunidade 
- Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Crianças Inadaptadas 
- Empresa de Produtos de Apoio
- Empresa em geral
- Escola
- Estabelecimento Prisional
- Hospital Central
- Hospital Psiquiátrico
- Hospital Particular
- Instituição Privada de Solidariedade Social
- Jardim de Infância
- Estrutura Recidêncial para Pessoas Idosas
- Unidade da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados


A Terapia Ocupacional na Europa

Saber mais